Planeta Saudável – Fevereiro 2016

Diet x Light

A alimentação é fundamental para a saúde e cada vez mais as pessoas estão em busca do equilíbrio. Hoje, é possível encontrar nas prateleiras dos supermercados uma infinidade de alimentos e bebidas com os dizeres diet ou light. Por isso, é preciso prestar muita atenção nos rótulos para que você faça a melhor opção na hora da compra.

Entretanto, a grande maioria das pessoas não sabe o que significam estes termos, ou não sabe a diferença entre eles, achando que são sinônimos. Entenda a diferença:

Alimento diet é aquele produzido industrialmente e que apresenta ausência ou quantidades bem reduzidas de determinados nutrientes (carboidrato, açúcar, sal, lactose, gordura).

Nem sempre os alimentos diet apresentam baixas calorias. São criados para indivíduos que devem seguir uma dieta baseada na restrição ou na redução de um determinado nutriente. Uma pessoa com diabetes, por exemplo, deve consumir alimentos com restrição de açúcar.

A retirada de um nutriente nem sempre representa a diminuição de calorias. É importante verificar sempre se a redução justifica a substituição.

Alimento light é aquele produzido com redução de, no mínimo, 25% do valor calórico ou de algum nutriente (gordura, açúcar, colesterol, sódio etc.), em comparação ao produto convencional.

O alimento light não é necessariamente indicado para pessoas que apresentam alguma condição específica como diabetes, colesterol elevado, fenilcetonúria etc.

Como existe uma grande quantidade de produtos disponíveis, antes de comprá-los e consumi-los é importante verificar a tabela nutricional (obrigatória nas embalagens). Escolha de acordo com as suas necessidades e/ou restrições alimentares. No caso de dúvida, consulte um médico ou nutricionista.

 

Por Mirella Pinheiro
Nutricionista, Colégio Pentágono – Unidade Morumbi

Confira algumas opções de lanches saudáveis recomendadas pela nossa nutricionista