Planeta família – As tão esperadas férias escolares

Para os estudantes de todos os tempos e lugares, a palavrinha “férias” cria expectativas de dias maravilhosos, sem cobranças de estudos, lições e tarefas e, além disso, repletos de possibilidades e de coisas gostosas para fazer.

As férias escolares representam um período de descanso depois de um longo tempo de estudo. Esse descanso das atividades escolares é muito importante, pois o cérebro precisa se desocupar do conhecimento acadêmico para poder se dedicar a outro tipo de atividade, que também é fundamental em nossas vidas, o lazer.
Com certa frequência, os nossos filhos costumam depositar em nós, os responsáveis, a obrigação de criar momentos de prazer para eles, afinal, eles estão em férias! Geralmente, assumimos a culpa e passamos a apontar uma série de atividades, como ler um livro, chamar um amigo, ver um filme na TV, arrumar os brinquedos, mas pode acontecer que nenhuma sugestão nossa seja considerada uma boa ideia e, com isso, nossa culpa aumenta e aumenta.

Não devemos cair nessa armadilha! Na verdade, o que eles querem, e merecem, é a nossa atenção. Se nesse momento pudermos dar essa atenção, ótimo! Mas nem sempre estamos disponíveis quando eles nos solicitam e eles precisam aprender a conviver com essa dura realidade. Ao mesmo tempo, eles têm o direito de que expliquemos o motivo de não podermos, naquele momento, dar a atenção que eles pedem e, por esse motivo, precisamos da cooperação deles.

Para os pais que podem fazer coincidir as próprias férias do trabalho com a dos filhos, existe a possibilidade de momentos intensos de atividades prazerosas e relaxantes. Nem sempre essa coincidência é possível, mas isso não é impedimento para que os filhos usufruam dos dias livres das obrigações escolares, ocupando-se de outras formas. Crianças e adolescentes são bastante criativos para inventarem, por conta própria, formas divertidas para passarem os dias, nem que seja fazendo nada. Um luxo para poucos!

Heloísa Porto Alegre
Orientadora Educacional
Colégio Pentágono