É chegada uma das épocas mais esperadas do ano: o Natal!

Você sabia que, além do espírito de generosidade e de amor presente nos lares nesta época do ano, seus símbolos também falam muito a respeito da data?

Desde a antiguidade, alguns povos tinham o hábito de enfeitar árvores em datas comemorativas. Para eles, uma árvore representava esperança e vida, principalmente por ser resistente, e, mesmo no inverno, bonita e cheia de vigor – o pinheiro.

O padre Martinho Lutero (1483-1546), autor da Reforma Protestante do século XVI, montou um pinheiro enfeitado com velas em sua casa, que tinha como objetivo mostrar às crianças como imaginava ser o céu na noite de nascimento de Jesus Cristo – um dos principais objetivos de comemoração do Natal em famílias tradicionais. O príncipe Albert, da Inglaterra, ajudou a popularizar o símbolo quando montou uma linda árvore no palácio britânico!

As árvores, desde então, foram adaptadas por diferentes culturas em cada país. Papéis coloridos, doces e frutas foram os seus primeiros enfeites. Nos dias atuais, foram substituídos por bolas coloridas, laços brilhantes e vermelhos, estrelas, luzes que piscam, anjos e muitos outros elementos que foram incorporados dando mais representatividade à data.

Por uma questão cultural e ecológica, aqui no Brasil, os pinheiros verdadeiros não são muito utilizados. Ao invés de árvores reais, as artificiais substituem muito bem e transmitem o mesmo espírito de união, bondade e amor.

Enfim, Natal… O Colégio Pentágono deseja a todos os pais, alunos, ex-alunos e colaboradores Boas Festas! Que 2018 seja para nós um ano cheio de amor, paz, união e novas conquistas!