Obesidade Infantil

 

 

Muito se fala em obesidade infantil. Mas afinal, o que é?

Esta é caracterizada quando o peso corporal está acima de 15% do peso médio correspondente para a idade. A condição está relacionada a hábitos alimentares, atividades físicas, fatores biológicos, e pode levar a criança a problemas sociais, emocionais e graves problemas de saúde.

Diversos fatores podem desenvolver a obesidade, tais como hábitos alimentares, genética, sedentarismo e distúrbios psicológicos, entre outros.

Em crianças, a condição se desenvolve mais facilmente, por conta do organismo que ainda está em formação. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade infantil é um dos problemas de saúde pública mais graves do século XXI, com alta incidência, principalmente, em países em desenvolvimento.

A obesidade infantil é muito preocupante porque pode causar problemas maiores na vida adulta, como diabetes, problemas cardíacos, má-formação dos ossos e, até, menor expectativa de vida.

As causas da obesidade infantil são mais comumente associadas a fatores nutricionais e/ou ambientais; porém, podem ser causadas por outros fatores, como psicológicos, medicamentosos e hormonais.

Para evitar tais danos ainda na infância, seguem algumas dicas:

. Realize o aleitamento materno até os seis meses. Depois, inicie uma dieta com frutas, legumes e verduras e carnes magras;

. Após um ano de idade, as refeições podem ser igual a dos pais. Mas lembre-se de que o estômago de uma criança é menor que o de um adulto e, por isso, as porções devem ser menores;

. Evite alimentos industrializados, fast-food, refrigerantes, balas e bolachas recheadas. Nos lanches, opte por sucos naturais, frutas, iogurtes e pães integrais;

. O ideal é realizar seis refeições ao longo do dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e lanche da noite.

. Se a criança estiver acima do peso, é recomendável uma reeducação alimentar com alimentos saudáveis, e um pediatra poderá indicar alguma atividade física.

E, qualquer dúvida quanto aos alimentos, procure um nutricionista.

 

Fernanda Landim 
Nutricionista Alphaville 

Confira também algumas opções de lanches saudáveis recomendadas pela nossa nutricionista>>>