No dia 30 de maio é comemorado o Dia das Bandeiras!

Existem bandeiras de nações, estados, agremiações políticas, recreativas desportivas, de guerras, sinalizadoras, da Marinha, de organizações… Seja o que for que  represente, toda bandeira é carregada de simbolismo e representa a história, as lutas, convicções e esperanças de um povo.

Na antiguidade, as bandeiras eram figuras recortadas em metal, madeira ou pintadas em escudos, e representavam poder. Mas, a partir da tendência romana, passaram a ser representadas por tecidos pintados.

Nas bandeiras dos países, encontramos, em cada detalhe, um pedaço da história. A bandeira do Brasil, por exemplo, traz um significado em cada um dos elementos que a compõe. O branco significa o desejo pela paz, o verde representa as riquezas naturais encontradas nas florestas brasileiras, o amarelo representa as riquezas e o azul, o céu; já as estrelas, simbolizam os 26 estados e o Distrito Federal do nosso País.

A bandeira tricolor da França é baseada nos princípios da Revolução Francesa de 1789: a liberdade é representada pela cor azul, na cor branca está a igualdade e, no vermelho, a fraternidade.

No Japão, o nascer do sol é representado pelo círculo vermelho no centro da bandeira e, embora pareça muito simples, tem um significado bonito e de muita reflexão.

Também conhecida como The Stars and Stripes (Estrelas e Faixas), a bandeira americana representa todos os seus estados pelas estrelas. Nas faixas brancas e vermelhas, as 13 colônias que deram origem aos Estados Unidos da América.

Já a Argentina representa seus ideais de justiça, fraternidade e verdade no azul-celeste. O sol de maio presente no centro da bandeira ilustra a independência da Espanha.

Viu só como todos os elementos presentes em uma bandeira trazem um pouco da história de cada país? Viva o Dia das Bandeiras!