A importância do planejamento alimentar

Planejamento e organização são importantes para o sucesso em tudo o que fazemos. Quando falamos em alimentação de qualidade, não é diferente. O planejamento define os alimentos que vamos comer, os horários e até as quantidades necessárias que devemos consumir, além de incentivar a adição de vegetais e frutas na rotina alimentar deixando-a mais saudável, reduzindo o consumo de grandes quantidades de carboidratos e gorduras.

           Fazendo o planejamento alimentar, você consegue visualizar todos os alimentos que entram na sua cozinha, as quantidades necessárias, a qualidade do que a sua família está consumindo e, ainda, evita comprar alimentos industrializados. Assim, será possível ajustar as refeições, deixando-as mais equilibradas nutricionalmente.   

         Uma grande parcela da população tem a falta de tempo como um dos motivos mais citados para não conseguir mudar os hábitos alimentares. Mesmo para aqueles que passam o dia fora de casa, dá para manter uma alimentação saudável. Já há muitos estabelecimentos com opções saudáveis, como sanduíche integral, suco natural e outros alimentos naturais à disposição para aqueles que gostam de manter hábitos saudáveis.

            No momento de mudança alimentar, é fundamental se planejar e se organizar para manter as mudanças necessárias. E, para facilitar, seguem algumas dicas:

  • Planeje um cardápio semanal. Assim, fica mais fácil seguir um plano alimentar de acordo com a sua rotina;
  • Fazer compras, higienizar, separar, cozinhar e congelar são atividades que fazem parte do dia a dia. Faça uma lista de compras com todos os itens que você necessita durante a semana. Uma lista organizada facilita e evita a compra de itens que não estão no cardápio;
  • Escolha um dia e prepare as refeições mais elaboradas, e deixe congeladas para os outros dias;
  • Prepare pela manhã os lanches do dia, escolha ingredientes saudáveis, assim, não corre o risco de sair do plano alimentar quando der fome;
  • Deixe higienizadas as frutas, os legumes e as verduras, facilitando o consumo destes alimentos.

      Para ajudar a planejar e organizar um plano alimentar, é importante a ajuda de um profissional, como médico e nutricionista. Eles vão indicar alguns exames que mostram qual o melhor plano, dependendo do objetivo de cada paciente.

 

Miriam Couto
Nutricionista da Unidade Perdizes

Confira também algumas opções de lanches saudáveis recomendadas pela nossa nutricionista>>>