To infinity and beyond!

Learn&play completa uma década de muito aprendizado e diversão

Há dez anos, o Colégio Pentágono oferece aos seus estudantes desde a Educação Infantil a possibilidade de uma vivência inovadora em inglês, que vai muito além do aprendizado da língua.

Maria Cristina Chiochetti Pinheiro, coordenadora do Departamento Internacional da Educação Infantil e dos Anos Iniciais da unidade Perdizes e Assessora da área de inglês para o mesmo segmento em toda a rede Pentágono

Nesta entrevista ping pong com Maria Cristina Chiochetti Pinheiro, coordenadora do Departamento Internacional da Educação Infantil e dos Anos Iniciais da unidade Perdizes e Assessora da área de inglês para o mesmo segmento em toda a rede Pentágono, você vai conhecer mais sobre como funciona e quais os benefícios do learn&play – programa de inglês exclusivo do Colégio Pentágono, que completa 10 anos formando cidadãos do mundo.

Conte um pouco sobre você e sua experiência no Pentágono.
Iniciei minha carreira profissional no Pentágono como professora de inglês e posteriormente assumi a função de Assessora da área de inglês da Educação Infantil e do Ensino Fundamental – Anos Iniciais da rede, cargo que exerço até hoje, junto à coordenação do Departamento Internacional para os mesmos segmentos na unidade Perdizes.

Como surgiu a ideia de implementar um programa como o learn&play?
Percebemos a necessidade das famílias em deixarem seus filhos em período integral na escola. Então pensamos: por que não aproveitar esse momento para otimizar o aprendizado do idioma na faixa etária mágica onde as crianças se apropriam da língua com muito mais facilidade e de forma natural?

Para quem não conhece, conta um pouco sobre como funciona o learn&play?
O learn&play é um programa de imersão onde o “play” é utilizado como ferramenta para o “learn”, ou seja, as crianças aprendem de forma lúdica, por meio de brincadeiras, jogos e muita contação de histórias, onde os vocábulos são apresentados contextualizadamente e internalizados por meio da vivência do idioma. É o famoso “aprender fazendo” – Learning by doing!.

Qual o segredo dessa metodologia?
Sem dúvida a integração de forma progressiva. A proposta promove um aprendizado utilizando as metodologias ativas que, atualmente, também fazem parte das aulas do inglês curricular e são trabalhadas na grade semanal na aula de 100 minutos. Neste tempo é possível potencializar práticas como hands on, trabalho em grupo e apresentações de oralidade por meio do PBL (Project Based Learning), na qual os alunos se descobrem muito mais protagonistas dos seus próprios aprendizados.

Qual o sentimento em ver o learn&play completar 10 anos?
Sentimento de muito orgulho por ser um programa pioneiro e de sucesso, criado e desenvolvido dentro do Pentágono.

E como foi esse processo de desenvolvimento?
Iniciamos com poucas turmas porque, naquele momento, muitos alunos estudavam inglês em escolas de idiomas. No entanto, já no segundo ano de atividade precisamos aumentar esse número pois o programa começou a ganhar credibilidade entre as famílias e passamos a receber mais e mais alunos, acredito que muito por conta da exigência ao contratarmos profissionais de excelência que garantiram desde sempre um aprendizado significativo e de qualidade. A escolha criteriosa dos profissionais sempre fez a diferença!

O que mudou ao longo desse tempo?
Ao longo dos últimos 10 anos,conseguimos dialogar os dois currículos (inglês da grade curricular e learn&play), partindo do que os alunos já tinham aprendido e aprofundando seus conhecimentos. Isso só foi possível por estarmos no mesmo ambiente acadêmico e, em alguns casos, compartilhando o mesmo professor, diferentemente, por exemplo, da experiência que eu tive quando aprendi inglês na escola e fora dela em cursos de idiomas. O l&p é um programa opcional que complementa o aprendizado curricular, sem atravessar nenhum dos processos. Eles caminham lado a lado, o que é benéfico para os alunos.

Qual o grande diferencial do l&p para as aulas do inglês curricular, que já são
fortes e oferecem uma boa base de estudo?
Trabalhamos muito bem a estrutura linguística da língua no inglês curricular de acordo com os conteúdos de cada série e expandimos a habilidade da oralidade no learn&play por contarmos com um período maior de exposição ao idioma.

Quem pode fazer o learn?
Alunos do G4 ao 5º ano podem frequentar o programa no contraturno. Na Educação Infantil, existe a possibilidade de mínimo 2 vezes até 5 vezes por semana, e, nos Anos Iniciais, 2 vezes por semana, para que as expectativas de aprendizagem de cada série sejam contempladas no decorrer de cada ano.

Qual a vantagem de começar a estudar inglês desde pequeno?
Percebemos que quanto mais cedo a criança inicia o aprendizado, mais rápida e fácil é a sua aquisição, pois o processo ocorre de forma natural, já que a criança não recorre à tradução e gradativamente aumenta sua confiança em usar a língua em contexto real do dia a dia.

Desde que série os alunos podem começar a prestar os exames de Cambridge? Qual a vantagem?
Não há necessidade de fazer provas no learn&play, já que as avaliações e intervenções são feitas regularmente pelos professores, então o aprendizado é validado por meio dos exames de proficiência aplicados pela renomada Universidade de Cambridge, avaliação externa que acontece no 3º e 5º ano.
A preparação se inicia na Educação Infantil e, por conta disso, nossos alunos atingem ótimos resultados e vão se tornando cada vez mais confiantes .

Como saem as crianças do learn no 5º ano? Qual o perfil do aluno que passou pelo programa?
A educação internacional que o programa desenvolve vai muito além do aprendizado de um novo idioma, ela promove momentos de observação, exploração e investigação fundamentais para a educação integral nos aspectos acadêmicos, emocionais, físicos e sociais do indivíduo. O propósito é formar alunos que farão diferença no mundo, que possam agir com responsabilidade, com capacidade de analisar criticamente suas escolhas e que sejam conscientes de suas ações. Esse processo se inicia desde cedo porque conhecimentos, habilidades e valores são bases essenciais do currículo da educação do futuro e a internacionalização muito contribui para essa jornada global dos nossos alunos.

Qual a continuidade do learn&play nos Anos Finais e Ensino Médio?
A partir do 6º ano temos o Bridges, curso que dá continuidade ao aprendizado e desafiará nossos leaners and players a não só “falarem” o novo idioma, mas a serem aptos a argumentar, defender ideias e pensarem como cidadãos do mundo. Habilidades tão necessárias no mundo globalizado!

Quais são os planos para os próximos 10 anos do learn&play no Pentágono?
Continuar trabalhando a inteligência criativa dos nossos alunos para INOVAR, potencializando as competências transformadoras que identificamos como os 4 C´s – criatividade, criticismo, colaboração e comunicação. Assim, nossos alunos serão capazes de encontrar soluções para problemas complexos por meio de um aprendizado EM inglês e não DE inglês.