O ano letivo de 2022 começou com força total no Pentágono. Após um período de férias, nossos alunos e professores estão de volta com as energias carregadas e prontos para as descobertas que um novo período letivo tem para oferecer. 

Mas, enquanto o pedagógico aproveitava o merecido descanso, o time que atua “nos bastidores” da educação, trabalhou para garantir que o retorno fosse marcado por diversas novidades. Para contar algumas delas, convidamos a nossa Diretora Pedagógica Geral, Patrícia Nogueira, para um bate papo inaugural. Confira:

  • Qual a sensação de iniciar mais um ciclo repleto de inovações?
    Iniciar mais um ano letivo é sempre uma emoção, independente do número de vezes que já o fizemos. A sensação é de muita expectativa e ansiedade pelo que teremos e poderemos proporcionar para alunos, professores e famílias. 
  • Uma das novidades para esse ano letivo é o retorno das turmas do G3, que atendem alunos a partir de 3 anos. Como foi o processo decisório para a abertura dessas turmas?
    O fechamento das turmas do G3 foi uma decisão muito difícil de ser tomada no início da pandemia, então, reabrirmos  nossas unidades para recebermos as crianças dessa faixa etária é de uma alegria imensa. A decisão partiu da procura nas unidades, e entendemos que precisávamos preencher essa lacuna, com todos os protocolos  de segurança para a idade e expertise que possui há mais de 50 anos.  
  • Indo de uma ponta à outra da trajetória escolar, o Ensino Médio também possui novidades para 2022. Conte-nos um pouco sobre elas.
    O Pentágono implementou de forma pioneira, ainda em 2021, o Novo Ensino Médio, obedecendo a nova legislação prevista pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Com o sucesso desse primeiro ano, resolvemos ampliar a nossa grade de disciplinas eletivas, proporcionando um leque de possibilidades maior para os nossos alunos, que estão em uma fase muito importante de suas vidas: a decisão de uma carreira. Teremos mais de 50 temas disponíveis para esses estudantes, como por exemplo Voando no Campus, sobre projetos de aeronaves; Cinema e Química, com replicação de cenas de filmes e séries que envolvem química; e Mecanismos de Stress e Ansiedade, que abordará biologicamente como o corpo reage a situações de estresse. Além disso, a escola também possui parceria com instituições de ensino superior como IBMEC, Istituto Europeo di Design, FGV e Mauá.

    Ainda falando sobre Ensino Médio e eletivas, esse ano começaremos a emitir certificados para todas elas. A novidade tem o objetivo de começar a preparar o currículo do aluno, agregando valor em processos seletivos de universidades nacionais e internacionais, que avaliam competências e interesses, além de boas notas no boletim e nos vestibulares.  
  • Muito tem se falado sobre a importância da educação financeira de jovens em fase escolar. Quais são os planos do Pentágono para essa área?
    Nós concordamos com esse posicionamento e, por isso, a partir deste ano, alunos  do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental terão aulas de letramento financeiro. O conteúdo será distribuído no currículo de matemática e ensinará crianças a lidarem melhor com o dinheiro por meio de jogos e problematização de situações do dia a dia. Muito além de ganhar e gastar o dinheiro, as aulas pretendem preparar os alunos para tomar decisões conscientes e embasadas em princípios matemáticos e financeiros.
  • Na última edição do nosso bate papo, conversamos com a Maria Pinheiro que nos contou um pouco sobre os 10 anos de learn&play. O Pentágono é destaque no idioma, mesmo sem ser uma escola bilíngue. O que os pais podem esperar para o ensino dessa disciplina?
    O desempenho de nossos alunos no aprendizado da língua inglesa nos orgulha e, em 2022, queremos que o inglês se torne ainda mais forte. Para isso, o Departamento de Inglês do Pentágono aumentará o número de aulas dos Anos Iniciais e  terá aulas extras para alunos do Anos Finais com foco na oralidade e apoio pedagógico. Já no Ensino Médio, foram feitas alterações na proposta pedagógica e será oferecida uma eletiva de preparação para provas necessárias para o ingresso em universidades americanas – SAT and TOEFL Prep. Além disso, os programas exclusivos learn&play e Bridges continuam trazendo inovações, como projetos que alcancem os alunos além da sala de aula, e o foco em formar alunos fluentes em inglês e com habilidades para o uso da língua em diferentes contextos.

    Mas o nosso planejamento não fica restrito apenas ao Inglês. Com a atualização da Base Nacional de Comum Curricular (BNCC), o ensino de Espanhol na Educação Básica deixou de ser obrigatório, mas, por entender a importância do idioma e investir constantemente na ampliação de conhecimento e visão de mundo dos nossos alunos, o Pentágono manteve a disciplina em sua grade obrigatória do Ensino Fundamental – Anos Finais e como matéria eletiva para os alunos do Ensino Médio – no 9º ano, os alunos contarão com um material didático próprio, produzido pelos nossos educadores, com foco em projetos. 
  • Além dos programas de inglês, a escola contará com outras opções de atividades extracurriculares?
    Sim. A Escola de Esportes e Cultura, que retomou as atividades no segundo semestre de 2021, por meio da parceria com a Performance Assessoria Esportiva, retorna em 2022 com uma grade ampliada e mais de 10 modalidades esportivas, como patinação, futsal, vôlei, ginástica artística, circo, entre outras. Já na parte cultural, as aulas do Coral Pentágono, um dos mais tradicionais da cidade de São Paulo, serão retomadas presencialmente a partir da segunda quinzena de março, seguindo todos os protocolos de segurança. Além disso, em breve a Unidade Morumbi terá um novo complexo esportivo, com inauguração completa prevista ainda para 2022. 
  • E por falar em infraestrutura, quais foram as obras feitas durante o período de férias?
    Temos investido muito em um plano de modernização da escola, e, como parte desse projeto, diversas salas de aulas de todas as unidades do colégio passaram por reformas que envolveram pintura, acústica e piso. Também está prevista a entrega de móveis novos, ainda nos primeiros meses deste ano. Alguns espaços do Pentágono também passaram por modificações para se tornarem multidisciplinares e incentivar a criatividade dos alunos, como, por exemplo, as Salas Maker.  Para as crianças dos Anos Iniciais, as novidades vão além das salas de aulas, com novas opções de brinquedos e parquinhos totalmente renovados e equipados com parede de escalagem, percursos, balanços e estruturas de diversão. 
  • Essa modernização passará também pela parte tecnológica?
    Sim. Com a reforma da estrutura, os professores poderão utilizar mais os nossos ambientes externos e, por isso, as redes de wi-fi foram reforçadas em todas as unidades. 
  • Para encerrar, você pode nos contar um pouco sobre as ações de diversidade do Colégio, que trarão para o cotidiano escolar pautas de muita relevância em nossa sociedade?
    No final do ano passado, estruturamos o Grupo de Diversidade do Pentágono, formado por professores, coordenadores e diretores. O plano de ação desse grupo está sendo definido com muito cuidado e realizaremos encontros frequentes para discutir pautas relacionadas ao tema e implementar políticas para que a inclusão e a diversidade se tornem mais frequentes no currículo escolar dos alunos.  ▖